A editora

Minha foto
Nasci no Recife, capital de Pernambuco, um dos 26 Estados do Brasil. Sou jornalista diplomada, amante da vida e de tudo que é positivo, verdadeiro e autêntico. Deixei as águas do Capibaribe, o mais famoso rio que banha o Recife. Atravessei o Oceano Atlântico e desaguei no rio Tejo, que acalenta Lisboa. E para aproximar esses dois lugares tão distantes mas com fortes ligações históricas e culturais, dei início a construção desta "ponte" Pernambuco-Portugal.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

No Português de Portugal V

- Alcatifa = carpete
- Autoclismo = descarga (banheiro)
- Natas =creme de leite
- Orégão = orégano
- Empregado de mesa = garçom
- Escusado = desnecessário, inútil
- Sésamo = gergelim
- T-shirt = camiseta
- Urinol = mictório
- Sandes = sanduíche

TAP dá desconto para jovens

A TAP preparou uma promoção especial para o público jovem. Em comemoração ao Dia Internacional da Juventude, 12 de agosto, a companhia aérea portuguesa vai dar 20% de desconto na reserva de qualquer viagem para Europa, para quem tiver idade entre 12 e 25 anos. A reserva só poderá ser feita entre a 0h e as 24h do dia 12 de agosto, exclusivamente online, usando o código promocional JOVEMTAP2010.
Os termos e condições da promoção são os seguintes:
- Reservas apenas em www.flytap.com.
- Oferta válida para viagens a partir do dia 1º de outubro de 2010, em voos TAP e code-share para a Europa, à partida de Portugal
- 20% de desconto sobre a tarifa disponível
- Data de nascimento a confirmar no momento do check-in.

Lisboa na palma da mão

Os turistas e visitantes de Lisboa têm agora ao dispor uma aplicação para telemóvel (celular) que oferece imagem e informação sobre a capital portuguesa.
Trata-se de uma ferramenta tecnológica de utilização gratuita que permite ao utilizador inteirar-se sobre pontos de interesse, monumentos, restaurantes e hotéis, bem como saber a que distância se encontra o item pesquisado, tudo em tempo real.
Para tanto, basta usar o telemóvel como se fosse uma máquina fotográfica e sobrepor o equipamento ao ponto de interesse no campo visual. De imediato, serão obtidos os dados da pesquisa, assim como indicações sobre qual o trajeto mais rápido.
Todas as informações sobre como utilizar a ferramenta estão disponíveis no site do Turismo de Lisboa: www.visitlisboa.com

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Sem a batuta de Cussy de Almeida

Fotografia: OCC

Será celebrada às 19h30 desta quinta-feira, a missa de sétimo dia de falecimento do maestro Cussy de Almeida, na igreja do Colégio Salesiano, no Recife. Vítima de uma doença pulmonar crônica, ele morreu aos 74 anos, na sexta-feira passada, 23.
Nascido em Natal, Rio Grande do Norte, Cussy de Almeida dirigia, há dez anos, a Orquestra Criança Cidadã que foi indicada em 2010 pela Organização das Nações Unidas (ONU) como um dos 100 melhores projetos sociais do mundo.
Conhecida como Meninos do Coque, a orquestra atende 130 jovens, entre 3 e 17 anos, de um dos bairros mais violentos da Região Metropolitana do Recife, a Comunidade do Coque. Os alunos recebem gratuitamente aulas de instrumentos de corda, percussão, teoria musical, flauta doce e canto coral, contando ainda com apoio pedagógico, com atendimento psicológico, médico e odontológico, aulas de inclusão digital, fornecimento de três refeições por dia e fardamento.
Maestro, violinista e compositor, Cussy de Almeida realizou, com apenas seis anos, seu primeiro recital em público no Teatro Carlos Gomes, em Natal. Aos onze realizava concertos em várias cidades do Brasil o que motivou seu pai, o pianista, Waldemar de Almeida, a transferir a família para o estado de Pernambuco.
Ao longo de sua carreira, Cussy de Almeida se apresentou em vários países europeus e tornou-se professor das universidades federais da Paraíba e do Rio Grande do Norte e professor convidado da Universidade Federal de Pernambuco. Foi também diretor do Conservatório Pernambucano de Música, onde fundou a Orquestra Armorial de Câmara. Criou ainda a Orquestra de Cordas Dedilhadas, a primeira no Brasil formada com instrumentos populares: violões, violas sertanejas de 12 cordas, bandolins e cavaquinho.
Para conhecer o projeto Orquestra Criança Cidadã acesse o site:

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Recife e seus bairros

Boa Viagem ao entardecer - Fotografia: Carlos Bayma

O município do Recife tem 94 bairros sendo os mais populosos Boa Viagem, COHAB e Várzea. Conhecer todos eles é uma missão difícil mas alguns são bem famosos entre a população recifense. O texto, a seguir, conta uma história que "costura" nomes de bairros da capital pernambucana. Sem identificação do autor, é uma daquelas mensagens que circulam na Internet e foi enviada para meu email por Vívian Andrade, uma amiga minha que já morou em Portugal. As palavras em negrito correspondem aos nomes de alguns bairros da “Veneza Brasileira”. Faça o teste. Quantos você conhece?

"História exclusiva para quem conhece o Recife"

Conheci Dois Irmãos que amavam Madalena, alta como uma Torre. Um irmão enxergava pouco, mas o outro tinha uma Boa Vista. Um dia, um irmão assou um Cordeiro no quintal de sua Casa Amarela. Eram Dois Unidos irmãos que chegaram ao RECIFE fazendo uma Boa Viagem. Um era engenheiro e só construía Casa Forte. Eram filhos do Senhor Monteiro, que possuía uma linda Pinacoteca e que fez uma Nova Descoberta. O navegador Vasco da Gama construiu uma canoa de Sucupira, ornada de Tejipió, em uma linda Estância, onde havia um vasto Espinheiro e muita Jaqueira.
Chegando à cidade, o general San Martin jogou uma Bomba na casa do Hemetério, tomou banho em um rio de Água Fria e mandou o Monsenhor Fabrício, que toda noite rezava o seu Rosarinho, celebrar uma missa na sombra de um Cajueiro, levando em procissão uma imagem de Santo Antônio e outra de São José.
Uma índia, usando um lindo Caxangá nas orelhas, numa noite de lua, viu um Zumbi numa Encruzilhada, correndo atrás de Bongi, na Várzea do rio Beberibe, que era um verdadeiro Prado. A índia conduzia à tiracolo uma Capunga de palha.
O Senhor Arruda, bom Cavaleiro, que muito freqüentava o Hipódromo, transportando Barro do Engenho do Meio, encontrou na Cidade uma Universitária do Fundão que era devota de Santo Amaro e possuía uma grande criação de Coelhos.
Os dois irmãos, depois que andaram exaustivamente por um Campo Grande, comeram muita Macaxeira. Seus amigos ficaram Aflitos e acabaram com a história Graças ao trágico falecimento de ambos, que morreram Afogados em um Poço com formato da Panela com água cristalina de um perene Parnamirim. Os irmãos foram enterrados ao pé de uma frondosa Tamarineira.

Concurso de Fotografia Cidade de Lisboa

Fotografia: Patrícia Brederode


O Turismo de Lisboa vai lançar, no dia 1º de Agosto, um concurso de fotografia que tem por tema “Cidade de Lisboa – O que gostariam de dar a conhecer a um turista ou amigo estrangeiro”, num desafio à descoberta de formas originais de ver e viver a cidade.
Procurar fugir ao óbvio dos grandes monumentos e locais emblemáticos da capital portuguesa, mostrando facetas e ângulos menos conhecidos da cidade, é um dos requisitos deste concurso, aberto à participação de todos os interessados, sem exceção.
Ao lançar este concurso, o Turismo de Lisboa associa-se à iniciativa Jornadas Europeias do Patrimônio, do IGESPAR – Instituto de Gestão do Patrimônio Arquitetônico e Arqueológico.
As Jornadas Europeias do Patrimônio são uma iniciativa anual do Conselho da Europa e da União Europeia, abrangendo 50 países, no âmbito da sensibilização dos cidadãos europeus para a importância da salvaguarda do Patrimônio. Regulamento no site do Turismo de Lisboa.
Informações retiradas do Site Turismo de Lisboa

terça-feira, 27 de julho de 2010

Jangadas antes da chuva

Fotografia: Carlos Bayma

Carlos Bayma é seguidor do blog. Médico em Urologia e Psicossomática, pós-graduado em Urogeriatria, Uroneurologia e Urodinâmica, é chefe do Setor de Uroneurologia e Urodinâmica do Hospital Esperança, no Recife. Escreve artigos para a revista Mon Quartier e é autor do blog "Projeto CPM 40 +".
http://projetocpm40.blogspot.com

V Concerto da Banda Sinfônica Cidade do Recife

Criado em julho de 1930, o Conservatório Pernambucano de Música (CPM), é a instituição responsável pela formação de alguns dos mais bem conceituados músicos do Estado. Para marcar os 80 anos de sua criação, a Banda Sinfônica da Cidade do Recife dedica ao CPM o seu "V Concerto Oficial – Temporada 2010". A regência é do maestro Nenéu Liberalquino. Outro homenageado é o músico paraibano Radegundis Feitosa, que faleceu recentemente, considerado pela crítica especializada um dos melhores trombonistas do mundo.

V Concerto Oficial da Banda Sinfônica Cidade do Recife – Temporada 2010
Dia: 28 de julho (quarta-feira), às 20h
Local: Teatro do Parque
Entrada gratuita

A "Cidade Berço" de Portugal

Castelo de Guimarães

*Por Maria do Céu Carvalho Dias

Guimarães, cidade portuguesa localizada a norte, está, como o Porto, ligada ao nascimento de Portugal. Porquê?

Desde o século IX que a Península Ibérica (hoje Portugal e Espanha) estava dividida entre uma maioria de terras muçulmanas (também denominados árabes, mouros, sarracenos) e uma minoria de reinos cristãos que se digladiavam pelo domínio de territórios. Nesses combates participavam cavaleiros da Europa cristã contra os mouros. Um deles foi D. Henrique de Borgonha (sul de França) que em recompensa dos serviços prestados a esta causa recebeu, hereditariamente, de Afonso VI, rei de Leão e Castela, o Condado Portucalense e a sua filha bastarda, D. Teresa. Este território ia do Rio Minho (fronteira norte do Portugal actual) até ao sul de Coimbra.

Voltando a Guimarães com o objectivo de encontrarmos as raízes de Portugal, é imprescindível dizer que já no século X há referências a Mumadona Dias, mulher poderosa do NW peninsular que fundou um mosteiro e um castelo no local Vimaranes (Guimarães). É esta povoação que D. Henrique escolheu para viver, dando-lhe mesmo Carta de Foral no século XI. Aqui pode ter nascido o filho, D. Afonso Henriques. D. Teresa também viveu e governou o Condado a partir de Guimarães, quando enviuvou. Ainda ligada a esta cidade está a Batalha de S. Mamede, nos campos vizinhos de Guimarães. O confronto terá sido em 1128, entre D. Teresa e D. Afonso Henriques. Este revolta-se contra a Mãe, apoiado pelos nobres portucalenses, por D. Teresa se ter aliado aos nobres galegos (da Galiza, hoje a norte do Minho), pondo em perigo a autonomia do Condado.

Já agora poderei dizer que D. Afonso Henriques, vitorioso, governará com mestria o Condado e alargará o território. Mais tarde passa a usar o título de Rei, mas é em 1143 que é reconhecido como REI de Portugal pelo rei de Leão e Castela e em 1179 pelo Papa.
Assim se diz que Portugal nasceu no século XII e que Guimarães, denominada “Cidade Berço”, está desde sempre ligada à formação da nacionalidade portuguesa.
Se passar por Guimarães não esqueça de visitar o Castelo e o Paço Ducal.

* Maria do Céu Carvalho Dias é formada em História pela Universidade Clássica de Lisboa

Fafá de Belém relança CD de fados

Nunca ouviu Fafá de Belém cantar um fado? Então aproveite e confira no vídeo a música “Só a Noitinha” na voz da artista

Com 35 anos de carreira e 25 de sucesso em Portugal, a cantora paraense Fafá de Belém relança, no Brasil, seu CD "Meu Fado" (pela Sony Music), que estava fora de catálogo. O álbum, com 13 faixas, abre com "Canção Grata", inspirada num poema da portuguesa Florbela Espanca, segue para os clássicos "Canoa do Tejo" e "Nem às Paredes Confesso", e passa por "Memórias", sucesso tirado de seu disco "Atrevida" (1986), que neste trabalho ganhou roupagem de fado. Músicas do CD "Meu Fado": Canção Grata, Canoa do Tejo, Nem as Paredes Confesso, Sombras na Madrugada, Só a Noitinha, Procuro e Não Te Encontro, Confesso, Fado das Queixas, Olhos Castanhos, Só Nós Dois, Sempre que Lisboa Canta, Memórias e Tudo Isto É Fado.

Esta notícia foi sugerida por J. Marinheiro, amigo e seguidor do blog.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Um país apaixonante


A pernambucana Verônica Costa esteve em Portugal e Itália, em julho do ano passado, na companhia de duas das suas quatro irmãs. A viagem aos dois países durou 25 dias. Em solo italiano, o trio conheceu as cidades de Roma e Cascia. Já em Portugal, elas estiveram em Vila do Conde (onde visitaram três sobrinhos), Porto, Fátima e Lisboa. Verônica diz que a viagem foi maravilhosa, com lugares lindos e ricos em beleza e cultura. Agora completamente apaixonada por Portugal, ela pretende voltar em breve. No álbum da sua vida terá destaque a fotografia no Castelo de São Jorge (um dos monumentos turísticos mais visitados de Lisboa) com o rio Tejo e a ponte 25 de Abril ao fundo.
Eu e Verônica estudamos juntas o Ensino Médio no Colégio Dom Bosco de Olinda e sempre estamos em contato, como fazem as boas amigas. Ela é seguidora do blog.

Blog na coluna Dia a Dia do JC

Muito gentil a nota sobre o blog publicada na coluna Dia a Dia, no Caderno C do Jornal do Commercio, edição de ontem. A coluna é assinada pela jornalista Roberta Jungmann, também titular do blog Social 1 que mostra, em tempo real, as principais novidades de Pernambuco, Brasil e mundo. Muito obrigada!
JC on line: http://jc.uol.com.br

domingo, 25 de julho de 2010

Praia da Nazaré - Portugal

Fotografia: Nelson Brederode

A Praia da Nazaré é um dos lugares mais bonitos de Portugal. Com características únicas, merece um post só para ela que prometo publicar em breve. Aproveito para mandar um beijo especial para vovó Aldinha, tios Quim e Deolinda e os primos Pedro, Dulce e Maria que moram na Nazaré.
O autor da foto, Nelson Brederode, é pernambucano, estuda Música na Universidade Federal de Pernambuco e é um dos ntegrantes do grupo Samba na Varanda. Seguidor do blog, esteve em Portugal em julho do ano passado. Meu irmão querido.

Uma boa notícia

Li esta notícia no Blogue de Actualidade Luso-Brasileira da Embaixada de Portugal no Brasil :

Cresce número de turistas brasileiros em Portugal

Durante o mês de maio, as receitas geradas por turistas brasileiros em viagens por Portugal cresceram 86%, sendo a principal elevação- informa a Secretaria Nacional de Turismo. Os gastos dos turistas americanos ficaram em segundo lugar, com 46,6%. Estes dois pólos emissores chegam principalmente pela TAP (no caso direto do Brasil) e pela TAP e Continental (procedentes dos Estados Unidos).
Os turistas brasileiros representaram um crescimento médio de 68,1% nos quatro primeiros meses do ano para o mercado português, com gastos de 88 milhões de euros. O Brasil firma-se como o quinto principal mercado emissor em receitas, subindo duas posições comparando com 2009.
Os dois mercados emissores mostraram que o crescimento dos visitantes estrangeiros esteve acentuado no mês que abriu o atual trimestre. Também houve aumento nas receitas geradas por alemães, britânicos e espanhóis, todos acima de 4%. No total do mês, o aumento médio foi de 11,2%.

Leia no BrasilTuris Jornal

Publicado pela Embaixada de Portugal - Brasília em 21.7.10
http://embaixada-portugal-brasil.blogspot.com

Salmão grelhado com inhame, tomates e cebolas

Fotografia: Arnaud Mattoso

Conheci Arnaud Mattoso quando eu estagiava na Assessoria de Comunicação da Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope) e ele na Rede Globo Nordeste. Depois, seguimos para outros estágios, terminamos a faculdade de Jornalismo (eu pela UFPE e ele pela Universidade Católica) mas sem nunca perder o contato.
Arnaud morou por um período na cidade do Porto, em Portugal, onde conheceu o refrigerante Sumol, sua paixão portuguesa. Agora sempre que vou ao Brasil, levo algumas latinhas da bebida para ele. Jornalista, surfista, escritor, compositor, músico e professor universitário, Mattoso é um amigo muito querido, desses para todas as horas. Como quase todos os jornalistas que conheço, ele adora cozinhar e enviou algumas receitas de sua autoria para o blog, do qual é seguidor.

Salmão Grelhado com Inhame, Tomates e Cebolas
por Arnaud Mattoso

Ingredientes (2 pessoas) :
2 postas ou 2 filés de salmão
1 inhame (ou cará) médio maduro
2 tomates maduros cortados em pedaços grandes
1 cebola cortada a julienne
Pimenta do Reino a gosto
1 colher de sopa de manteiga
1 xícara Azeite
Sal
Execução :
Cozinhe o inhame na água e sal até ficar mole. Reserve mantendo-o quente.
Grelhe o filé ou as postas de salmão com parte do azeite até dourar (tempo médio de 5 a 10 minutos). Reserve.
Aproveite a grelha do salmão, acrescente uma colher de manteiga de boa qualidade e coloque primeiro a cebola cortada.
Acrescente os tomates quando a cebola começar a dourar e perder acidez.
Refogue sem deixar os tomates murcharem.
Arrumando o prato :
Disponha o salmão, o inhame ao lado e espalhe apenas sobre o salmão
as cebolas e os tomates. Regue o inhame com um pouco de azeite

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Do Capibaribe ao Tejo é notícia


Do Capibaribe ao Tejo foi notícia hoje no blog de atualidade luso-brasileira da Embaixada de Portugal no Brasil. Quero agradecer ao jornalista português Carlos Fino, conselheiro de Imprensa daquela representação diplomática, e a todos da redação do blog. Muito obrigada!
Veja a notícia aqui:

Para acessar o blog da Embaixada de Portugal no Brasil:

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Frevo Nº 1 na voz da Abelha Rainha

Já que Maria Bethânia está em Portugal (vê mensagem anterior) decidi colocar aqui um vídeo que encontrei no Youtube no qual a cantora, junto com os músicos Luiz Carlos Vinhas e Raulzinho, interpreta ma-ra-vi-lho-sa-men-te o Frevo Nº 1 de Antônio Maria. O vídeo é um trecho do documentário do francês Pierre Barouh, gravado em 1969.

Um conselho para os meus conterrâneos que estão fora do Brasil (como eu): separem um lenço para enxugar as lágrimas. Maria Bethânia nasceu na Bahia mas, pela maneira como canta a música, parece uma recifense da gema. Emocionante!!!

Maria Bethânia em Portugal

A cantora brasileira Maria Bethânia está em Portugal para apresentar o espetáculo "Amor, Festa e Devoção" e lançar seu novo DVD "Maria Bethânia e Omara Portuondo ao Vivo".
Confira a agenda da artista em terras lusitanas:
Quarta-feira, 21 :
- Maria Bethânia lê poemas dos escritores Fernando Pessoa, Álvaro de Campos, Alberto Caeiro, Castro Alves, Sophia de Mello Breyner,Vinicius de Moraes, João Guimarães Rosa, Amália Rodrigues, poetas africanos, Manuel Bandeira, Padre António Vieira, Clarice Lispector, Mário de Andrade entre outros. Leitura intercalada com canções. Casa Fernando Pessoa, às 17h30. Entrada livre.
Quinta-feira, 22 :
- CoolJazzFest, em Cascais
Sábado, 24 :
- Coliseu do Porto

Programa Super Manhã

Registro aqui meu agradecimento ao comunicador Geraldo Freire, da Rádio Jornal, pela divulgação do blog Do Capibaribe ao Tejo, na edição de ontem do programa Super Manhã.
O programa pode ser acompanhado, ao vivo pela internet, de segunda a sábado, das 7h30 às 12h, através do site: http://jc3.uol.com.br/radiojornal
Para conhecer o trabalho de Geraldo Freire, "o comunicador da maioria", basta acessar: http://geraldofreire.uol.com.br

Saudade de todos que trabalharam comigo no Sistema Jornal do Commercio, mais especificamente no Departamento de Produção da TV Jornal, onde fiz amizades que duram até hoje e aprendi muitas técnicas e conceitos sobre televisão.

terça-feira, 20 de julho de 2010

Ponte Buarque de Macêdo - Recife

Fotografia: Carlos Bayma

Carlos Bayma é seguidor do blog. Médico em Urologia e Psicossomática, pós-graduado em Urogeriatria, Uroneurologia e Urodinâmica, é chefe do Setor de Uroneurologia e Urodinâmica do Hospital Esperança, no Recife. Escreve artigos para a revista Mon Quartier e é autor do blog "Projeto CPM 40 +".
http://projetocpm40.blogspot.com

Dia do Amigo

Hoje é o dia do amigo. Pois é, a data existe! Comemora-se o dia de tanta coisa que o amigo também não poderia ficar sem uma data especial. Amigo é um irmão que nós escolhemos e que segue conosco por toda vida. Podemos até estar muito longe, como eu por exemplo, mas os amigos estarão bem perto, em pensamento. Sempre!
Pesquisei na internet a origem da comemoração da data e encontrei o seguinte texto na Wikipédia:
O Dia Internacional do Amigo, celebrado a 20 de julho, foi primeiramente adotado em Buenos Aires, na Argentina, com o Decreto nº 235/79, sendo que foi gradualmente adotado em outras partes do mundo. A data foi criada pelo argentino Enrique Ernesto Febbraro. Com a chegada do homem à lua, em 20 de julho de 1969, ele enviou cerca de quatro mil cartas para diversos países instituir o Dia do Amigo. Febbraro considerava a chegada do homem a lua "um feito que demonstra que se o homem se unir com seus semelhantes, não há objetivos impossíveis".
Para finalizar, vou postar a letra de uma música que, com certeza quase absoluta, a maioria já ouviu e já se emocionou ao lembrar uma amizade sincera. Feliz dia do amigo para os meus e para os seus amigos, meus caros leitores.

Amigo
Composição: Roberto Carlos / Erasmo Carlos

Você meu amigo de fé, meu irmão camarada
Amigo de tantos caminhos e tantas jornadas
Cabeça de homem mas o coração de menino
Aquele que está do meu lado em qualquer caminhada
Me lembro de todas as lutas, meu bom companheiro
Você tantas vezes provou que é um grande guerreiro
O seu coração é uma casa de portas abertas
Amigo você é o mais certo das horas incertas
Às vezes em certos momentos difíceis da vida
Em que precisamos de alguém pra ajudar na saída
A sua palavra de força, de fé e de carinho
Me dá a certeza de que eu nunca estive sozinho
Você meu amigo de fé, meu irmão camarada
Sorriso e abraço festivo da minha chegada
Você que me diz as verdades com frases abertas
Amigo você é o mais certo das horas incertas
Não preciso nem dizer
Tudo isso que eu lhe digo
Mas é muito bom saber
Que você é meu amigo
Não preciso nem dizer
Tudo isso que eu lhe digo
Mas é muito bom saber
Que eu tenho um grande amigo

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Os Doces Conventuais

Doce Barriga de Freira

*Por Maria do Céu Carvalho Dias

Em Portugal há muitas receitas de doces deliciosos, feitos à base de açúcar e ovos. Os melhores eram fabricados em conventos ou mosteiros (habitações de frades e freiras), que quase funcionavam como unidade económica, e por isso quase tudo produziam. Estas sobremesas são agora divulgadas em mostras, por exemplo a “Mostra Internacional de Doces Conventuais” no Mosteiro de Alcobaça (onde se encontram sepultados D. Inês de Castro e D. Pedro I).
Até aos Descobrimentos Portugueses (Expansão Portuguesa) usava-se mel na confecção de bolos, já que Portugal era um bom produtor deste alimento. A partir do século XV e por influência das ilhas Canárias o açúcar passou a ser explorado em cada vez mais quantidade no Arquipélago da Madeira. Com a chegada, em 1500, de Pedro Álvares Cabral ao Brasil e aquando da sua organização administrativa e económica, foi o açúcar o produto mais explorado e comercializado nos Engenhos de açúcar, com mão-de-obra escrava africana. Assim o mel vai ser substituído pelo açúcar na confecção de doces.
A propósito interessa referir, para quem tenha dúvidas, os vários “pontos de açúcar”usados nas receitas. “O Livro de Pantagruel” ensina-nos:
Leva-se a lume forte açúcar pilé com um terço do seu peso de água, mexe-se bem e deixa-se ferver. Alguns dos pontos indicados:
. Ponto de pasta – a calda escorre da colher.
. Ponto de fio – colocando uma gota de calda entre dois dedos humedecidos em água, unindo e afastando, forma-se um fio.
. Ponto de cabelo – A calda escorre da colher em fios finíssimos.
. Ponto pérola – Formam-se bolinhas nas pontas dos fios que escorrem da colher.
. Ponto de estrada - A colher abre estrada, vendo-se, até, o fundo do tacho.
. Ponto assoprado - Da escumadeira saem bolinhas, se se soprar.
. Ponto de espadana - A calda cai da colher em fitas largas.
. Ponto de rebuçado – Uma colher de calda deitada em água fria, forma uma bola.
. Ponto de areia – A calda começa a secar e a agarrar-se às paredes do tacho
. Ponto de caramelo – Depois de secar, o açúcar escurece e derrete-se.
As receitas conventuais eram um segredo bem guardado. Quase todas levam muitos ovos, melhor dizendo gemas que não são o ideal para a saúde (!) e aqui se pode aplicar o ditado”Perdoo o mal que me faz pelo bem que me sabe”. Devia haver muitas galinhas nos Conventos, já que era utilizada a carne para comer, cozida ou corada e para fazer caldinhos de galinha (a canja) e os ovos. A clara do ovo tinha muitas aplicações: para “engomar” as belíssimas toalhas de altar, para manter direitas e rígidas as partes brancas dos hábitos das freiras e para clarificar o vinho branco. A ideia de que serviam também para fazer as hóstias, não parece correcta, pois são fabricadas somente com água e farinha. As gemas e algumas claras ficavam, para que as religiosas pusessem os seus conhecimentos em prática (muitas estavam nos Mosteiros, mas eram de famílias nobres, ricas e com constante vida social ) e sobretudo a sua imaginação. A amêndoa também pode fazer parte destas receitas, desde muito cedo, pois é herança árabe.
Assim nasce uma doçaria extraordinária e com nomes curiosíssimos, como Barriga de Freira, Garganta de Freira, Toucinho-do-Céu ou Papos de Anjo, para além dos Pastéis de Santa Clara - Coimbra que originaram este texto.

* Maria do Céu Carvalho Dias é formada em História pela Universidade Clássica de Lisboa

No Português de Portugal IV

- Adepto= torcedor
- Alcunha= apelido
- Bacorada= asneira, grossura
- Gabardina= capa de chuva
- Gasóleo= óleo diesel
- Leitor de cassetes= toca-fitas
- Lixívia= água sanitária
- Naifa= canivete
- Notário= tabelião
-Parque= estacionamento

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Padroeira do Recife

O Recife celebra, hoje, o dia da sua padroeira, Nossa Senhora do Carmo. A data finaliza também a 314ª edição da festa em homenagem à santa. Durante os dez dias de celebrações religiosas foram realizadas 50 missas e sete novenas. Já a programação profana do evento contou com mais de 30 atrações culturais.
O feriado de hoje altera o expediente de uma série de serviços e do comércio da cidade. Os shoppings funcionam em horário especial, a maioria abrindo a partir das 12h. O comércio do Centro do Recife permanece fechado e reabre amanhã, das 8h às 18h. Serviços considerados essenciais à população não sofrem alteração por conta da data. A Basílica de Nossa Senhora do Carmo está localizada na Avenida Dantas Barreto, no bairro de Santo Antônio.
Informações através do site http://www.festadocarmo.com.br

Festivais de verão 2010

O verão não é só a época de curtir a praia e o calor. Em Portugal, a estação mais quente do ano traz também os festivais que agitam o país. Entre os muitos eventos musicais que acontecem neste período estão Optimus Alive, Marés Vivas, Super bock Super Rock, Sudoeste TMN, Paredes de Coura, Delta Tejo e Sumol Summer Fest. São tantas opções que o melhor mesmo é pesquisar e escolher qual é a sua “praia”. Para ajudar na sua escolha, seguem três sites que trazem todas as informações sobre os festivais de verão 2010:
http://www.festivaispt.org
http://www.festivaleiros.com
http://www.festivaisverao.com

Festival Marés Vivas

A música toma conta da Praia do Cabedelo, em Vila Nova de Gaia, onde acontece até sábado,17, a 8ª edição do Festival Marés Vivas. Entre os nomes que passam pelo palco do festival estão Goldfrapp, Placebo, Ben Harper, Editors, DEUS e os portugueses GNR e David Fonseca. Os bilhetes para o Marés Vivas custam €25,00 (bilhete diário) e €45,00 (passe de três dias).
Site do festival: http://www.festivalmaresvivas.com
Confira a programação do Festival Marés Vivas
Quinta-feira, 15 de Julho:
Palco TMN - GNR , Goldfrapp e Morcheeba
Palco TMN Moche - Edward Maya, Bitch Boys,Dr1ve e Löbo
Sexta-feira, 16 de Julho
Palco TMN - Peaches, Placebo, David Fonseca e A Silent Film
Palco TMN Moche - Cais 447, Noite Gare, Os Azeitonas e André Indiana & Mónica Ferraz (The Love Tour)
Sábado, 17 de Julho
Palco TMN - Ben Harper & Rentless 7, Editors, Deus e Nikolaj Grandjean
Palco TMN Moche - Isidro LX, Loo & Placido, Caim e João Só e Abandonados

Festival Super Bock Super Rock

Prince, Keane, Pet Shop Boys, Vampire Weekend e The National são alguns dos destaques da 16.ª edição do Festival Su­per Bock Super Rock que começa hoje, 16, e termina no domingo, 18, na­­­ Herdade do Cabeço da Flauta, próximo da Aldeia do Meco, Sesimbra. O local tem capacida­de para 30 mil pessoas e conta com três palcos: Su­per Bock, Super Rock, EDP e @Meco. O custo dos bi­lhetes é de 40 euros, um dia, e 70 euros, três dias (campismo incluído).
Saiba tudo sobre o festival em: http://www.superbock.pt
Programação do Super Bock Super Rock
Dia 16 - sexta:
Palco Super Bock - Pet Shop Boys, Keane, Cut Copy, Mayer Hawthorne e Jamie Lidell
Palco EDP - Beach House, Grizzly Bear, The Temper Trap, St. Vincent e Godmen
Palco @Mecoo - Richie Hawtin, Marco Carola e Magda
Dia 17 - sábado:
Palco Super Bock - Vampire Weekend, Hot Chip, Leftfield, Julian Casablancas e Tiago Bettencourt & Mantha
Palco EDP - Patrick Watson, Holly Miranda, Rita Redshoes, Sweet Billy Pilgrim e Malcontent
Palco @Meco - Ricardo Villalobos & Zip, Magazino, Henriq e Bart Cruz, João Maria e José Belo
Dia 18 - domingo:
Palco Super Bock - Prince, Empire of the Sun, The National, Spoon, Stereophonics e Palma’s Gang
Palco EDP - John Butler Trio, Wild Beasts, Sharon Jones & The Dap Kings, The Morning Benders e Stereo Parks
Palco @Meco - Laurent Garnier (Live), Rui Vargas e André Cascais, Zé Salvador, Hi-Tech² e Mary B

Festival altera trânsito em Sesimbra


A Câmara Municipal de Sesimbra informa que, de hoje, 16, até domingo, 18, a circulação de automóvel estará condicionada na Estrada Nacional 377, das 15h às 3h, desde a entrada para a Lagoa de Albufeira (EM515) até à rotunda do Marco do Grilo, devido à realização do Festival Super Bock Super Rock, no Cabeço da Flauta.
As restrições não se aplicam aos transportes públicos e veículos de emergência. Para facilitar a saída dos carros da Lagoa de Albufeira, Alfarim e Aldeia do Meco, foram criados percursos alternativos, devidamente identificados, em direção a Lisboa e Setúbal.
Quem pretenda sair de alguma destas localidades pode, a partir da rotunda de Alfarim, seguir pela EN377 em direção ao Zambujal e voltar à esquerda, pela EM569, em direção a Santana, seguindo depois pela EN378 ou pela EN379, em direção a Lisboa ou a Setúbal, respectivamente.
Quem vem da Lagoa, deve voltar à direita e seguir em direção aAlfarim. A partir da Aldeia do Meco, os automobilistas podem optar pela estrada do Movimento das Forças Armadas, em direção à Azoia e, no entroncamento com a estrada de acesso à Azoia/Cabo Espichel, voltar à esquerda e seguir pela EM569, em direção ao Zambujal/Santana.

Seja um cidadão consciente: Se ingerir bebida alcoólica não dirija

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Festas na Casa do Brasil

A Casa do Brasil de Lisboa traz uma programação bem dançante para o fim de semana. Amanhã, 16, acontece o Forró Universitário (festa de final de curso), às 22h, com música ao vivo, DJ Set e workshop de forró.
Já no sábado, 17, a banda brasileira Poesia Samba Soul, comanda o agito com muito groove, samba e hip-hop, às 23h. O grupo participa de trabalho social, cultural e ecológico na Favela da Paz em São Paulo.
Os eventos serão realizados ainda na antiga sede da Casa do Brasil de Lisboa: Rua São Pedro de Alcântara, 63 - 1º direito 1250 - 238 Lisboa
Telefone: 213 400 000

quarta-feira, 14 de julho de 2010

"Os Desmandamentos"

Os poetas brasileiros Geraldo Carneiro e Salgado Maranhão atravessam o Atlântico para apresentar o manifesto “Os Desmandamentos” numa conversa informal, nesta quinta-feira, 15, na Casa Fernando Pessoa, às 18h30.
"Os Desmandamentos"
Dia 15/07 às 1830
Casa Fernando Pessoa
Rua Coelho da Rocha, 16
Campo de Ourique
1250-088 Lisboa
Tel.: +351 213 913 270

terça-feira, 13 de julho de 2010

Pastéis de Santa Clara


Assim que leu o post anterior, no qual digo não conhecer os pastéis de Santa Clara, minha sogra, que é sempre muito atenciosa, enviou para o meu email uma receita e fotografia do doce. E também informou que os pastéis de Santa Clara são do convento onde esteve Inês de Castro, em Coimbra (ver artigo publicado no blog, dia 27 de maio). Quem não quer uma sogra assim?

Pastéis de Santa Clara do Convento de Coimbra
Colaboração de José Botão -Técnico de Pastelaria
Ingredientes:
250 g farinha
125 g margarina
Água q.b.
Recheio:
250 g açúcar
150 g de amêndoa moída sem pele
9 gemas
Confecção:
Leva-se ao lume o açúcar com cerca de 1,5 dl de água até fazer ponto de cabelo. Retira-se do lume e junta-se primeiro a amêndoa moída de seguida as gemas previamente desfeitas. Vai novamente ao lume até fazer estrada. À parte peneira-se a farinha para uma tigela, a margarina ou manteiga e trabalha-se molhando a mão em água fria. Amassa-se bem até a massa fique elástica para se poder estender com o rolo. Estende-se a massa muito fina colocam-se nela montinhos de recheio, dobra-se (tipo rissol) e cortam-se os pastéis em meia lua. Pincelam-se com ovo batido, polvilham-se com açúcar e vão a cozer em forno médio.
Fonte: Roteiro Gastronómico de Portugal

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Portugal na Fenearte

Fotografia de Luciene Coutinho
Quando visitava a 11ª edição da Fenearte, no passado dia 3, (ler mensagem no blog sobre Feiras de Artesanato, dia 7 de julho), no Recife, Luciene Coutinho encontrou o estande de Portugal. Minha amiga e seguidora do blog, ela não pensou duas vezes: tirou várias fotografias e enviou-as para mim. No espaço português eram vendidos dois tipos de doces das terras lusitanas: os pastéis de Belém e os de Santa Clara ( que eu não conheço ).
Obrigada, Luciene!

"Era uma vez ..."

Para quem tem crianças em casa ou convive de alguma forma com elas, indico o blog "O Contador de Histórias" da jornalista Gabriela Kopinits. Além de todo o encantamento que envolve o mundo das estórias, o blog traz ótimos textos, vídeos e dicas. Recomendo a leitura, em especial, do artigo que foi publicado na última quinta-feira, 1º de julho, sobre a importância das atividades de colorir.
Eu e Gabriela Kopinits fomos colegas no Ensino Médio e na Faculdade de Jornalismo. Hoje, além de assuntos do cotidiano, trocamos idéias sobre criação e educação de filhos. Amiga sempre disponível, é sensível e muito criativa. Dona de um texto maravilhoso, Gabi é talentosa nas duas artes: a de contar estórias e a de informar pessoas.

O link do blog "O Contador de Histórias" é:
http://ciganagabriela.blogspot.com

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Coimbra na voz de um rei

A partir de hoje, vou postar algumas músicas. E para começar, nada melhor do que um brasileiro cantando uma música lusitana. Neste vídeo, Roberto Carlos faz uma apresentação, ao vivo, no programa “Canção é Espetáculo” da Rádio e Televisão Portuguesa (RTP), na década de 60. O rei da Jovem Guarda canta “Coimbra”, um clássico sobre a cidade onde está localizada a mais antiga universidade de Portugal.

Pérola da Costa Azul

Praia de Sesimbra (Portugal) vista do porto de abrigo
Fotografia de Miguel Nuno Peixoto de Carvalho Dias

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Feiras de Artesanato

Durante esta semana, a produção artesanal ganha destaque em Lisboa e no Recife. Na capital portuguesa acontece a 23ª edição da Feira Internacional de Artesanato (FIA), considerada a maior da Península Ibérica e a segunda da Europa.
Já o Recife promove a 11ª Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte). O evento é um dos mais importantes do segmento na América Latina. Nesta edição, a Fenearte terá um ponto de arrecadação de donativos (alimentos e roupas) para as vítimas das chuvas em Pernambuco.

FIA - de 3 a 11 de Julho
Na Feira Internacional de Lisboa, Parque das Nações
Horário: 15h00 - 24h00
Gastronomia: 12h30 - 24h00
Preço do bilhete: Individual - 5,00 Euros Estudante, Jovem, Sénior - 2,00 Euros
Informações: http://www.artesanato.fil.pt

Fenearte - de 2 a 11 de julho
No Centro de Convenções de Pernambuco
Dias 2, 3, 5 a 8: das 14h às 22h
Dias 4, 9, 10 e 11: das 10h às 22h
Ingressos: R$ 4 (inteira) e R$ 2 (estudantes, crianças até 12 anos, professores e maiores de 60 anos) nos dias 4, 9, 10 e 11: R$ 6 e R$ 3 (meia)
Serviço de vans gratuitas: a cada 15 minutos, do Shopping Tacaruna até o Centro de Convenções (das 14h às 22h)

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Lá vem o Sol

Começo de mais um dia na Praia do Pina, zona sul do Recife
Fotografia de Arnaud Mattoso

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Meio século sem Carlos Pena Filho

Hoje faz 50 anos que morreu Carlos Pena Filho, considerado um dos mais importantes poetas pernambucanos do século XX. Carlos Souto Pena Filho nasceu no Recife no dia 17 de maio de 1929. Seus pais, Laurinda e Carlos Souto Pena, eram portugueses. Fez seu curso primário em Portugal e o secundário no Colégio Nóbrega, na capital de Pernambuco. Formou-se em Direito pela Faculdade de Direito do Recife.

Parceiro de Capiba, renomado músico pernambucano, foi autor de letras de músicas de sucesso como “A Mesma Rosa Amarela” interpretada pela cantora Maysa Matarazzo, musa da Bossa Nova. Escreveu os livros "O Tempo da Busca", "Memórias do Boi Serapião", "A Vertigem Lúcida" e "Livro Geral". Faleceu no dia 1º de julho de 1960, vítima de um acidente de automóvel no Recife, com 31 anos de idade.

Em sua homenagem deixo aqui o seu poema "O Chope" que tentei memorizar diversas vezes e nunca consegui. Eu passava todos os dias em frente ao Bar Sarvoy (citado no poema) para pegar o ônibus na Avenida Guararapes. Andava até o ponto de parada repetindo os versos. Quando chegava em casa já não lembrava nem a metade. E olha que eu não entrava no bar para beber.

O Chope - Carlos Pena Filho

Na avenida Guararapes,
o Recife vai marchando.
O bairro de Santo Antônio,
tanto se foi transformando
que, agora, às cinco da tarde,
mais se assemelha a um festim,
nas mesas do Bar Savoy,
o refrão tem sido assim:
São trinta copos de chope,
são trinta homens sentados,
trezentos desejos presos,
trinta mil sonhos frustrados.

Ah, mas se a gente pudesse
fazer o que tem vontade:
espiar o banho de uma,
a outra amar pela metade
e daquela que é mais linda
quebrar a rija vaidade.

Mas como a gente não pode
fazer o que tem vontade,
o jeito é mudar a vida
num diabólico festim.

Por isso no Bar Savoy,
o refrão é sempre assim:
São trinta copos de chope,
são trinta homens sentados,
trezentos desejos presos,
trinta mil sonhos frustrados

Portugal sem fogos

A fase “Charlie”, considerada a época mais crítica em incêndios florestais, começa hoje e termina no dia 30 de setembro. Durante os três meses de combate a fogos, vão estar em operação quase dez mil homens e mulheres, 2177 veículos e 56 meios aéreos, além dos 236 postos de vigia da responsabilidade da Guarda Nacional Republicana. A partir de agora, estão proibidas queimadas e fogueiras em zonas florestais e no espaço rural.

Alguns cuidados para evitar um incêndio florestal:

- Evite fumar na floresta ou em locais densamente arborizados.

- Não lance pontas de cigarro para fora, quando circular de automóvel.

- No interior de uma floresta, ao acabar de fumar, certifique-se que o cigarro está bem apagado. Faça uma pequena cova, em terreno limpo e enterre a ponta do cigarro.

- Mantenha fora do alcance das crianças, isqueiros ou fósforos e evite a utilização de lume no interior das matas.

- Não faça fogueiras em dias de vento intenso.

- Antes de realizar uma fogueira, faça a limpeza do local, afastando as folhas ou outro combustível circundante.

- Após o incêndio extinto, os bombeiros podem ter de acorrer a outros incêndios. Colabore no rescaldo e vigilância da área ardida, quando solicitado.

- Tenha o máximo cuidado após a extinção de um incêndio, em especial se houver vento. É fácil dar-se um reacendimento.

- Um incêndio florestal pode propagar-se às habitações e provocar graves prejuízos. Mantenha uma faixa de 50m limpa em redor da casa e das lojas situadas no meio das matas.